Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal
Logon

Notícia

Energisa Soluções fecha novos contratos

ESOL no desenvolvimento de soluções integradas, inovadoras e de alto valor para o mercado de energia.

Nos últimos três meses, a Energisa Soluções (ESOL) fechou importantes contratos nos segmentos de operação e manutenção de ativos elétricos.

Em maio, a ESOL iniciou suas primeiras atividades em parques eólicos. A empresa mobilizou equipe para prestação de serviços de operação e manutenção da infraestrutura (BOP), das linhas de transmissão e das subestações das usinas eólicas de São Bento do Norte, Olho D’Água, Farol e Boa Vista, no Estado do Rio Grande do Norte, que integram o Complexo Eólico de Olhos D´Água. A Energisa Soluções fará a manutenção de 40 km de linha de transmissão de 138 kV e de três subestações. Estas usinas são do Grupo Galvão Energia e representam o início das atividades de O&M da ESOL neste segmento.

Ainda no mês de maio, a Energisa iniciou os trabalhos para acompanhar o comissionamento da PCH Maracanã, com potência instalada de 10,5 MW, localizada no Estado do Mato Grosso. A Energisa Soluções também cuidará do processo de automação para operação remota da PCH, por meio do Centro de Operações em Cataguases. A automatização vai garantir à empresa agilidade na execução dos serviços prestados. O contrato tem duração de cinco anos.

Já no mês de junho, a Energisa Soluções foi a vencedora da concorrência para os serviços de O&M na planta da Samarco, localizada na região de Mariana, em Minas Gerais. A ESOL fará a operação e manutenção de 34 km de Linha de Transmissão de 345kV e de uma subestação 345/138 kV. Trata-se de um importante contrato que, além do alto valor financeiro, garantirá à ESOL as certificações no atendimento a linhas de transmissão com tensão de 345 kV, ampliando a linha de negócios da empresa. A duração do contrato é de quatro anos, com possibilidade de renovação automática por mais um ano.

Outro importante contrato foi fechado, em julho, com a Celg, responsável pela distribuição de energisa no Estado de Goiás. Com início previsto para o mês de outubro deste ano, o contrato com duração de 30 meses consiste na contratação das equipes de linha viva para serviços de manutenção em linhas de transmissão de 69kV e de 138kV para atendimento de diversas regiões da área de concessão da Celg.

Destacam-se ainda os serviços de manutenção preventiva de duas unidades geradoras da Usina Hidrelétrica Retiro Baixo, com potência instalada de 82MW localizada entre os municípios de Curvelo e Pompéu, em Minas Gerais. O contrato tem duração de 49 dias

Compartilhe nas redes sociais