Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal
Logon

Notícia

Proposta da Energisa é aceita por acionista e credores do Grupo Rede

Em comunicado enviado ao mercado hoje, 8 de julho, a Energisa informa que o Acionista Controlador do Grupo Rede e das respectivas empresas em recuperação judicial aceitou sua proposta de aquisição do controle acionário do Grupo. Com isso, a proposta da Energisa foi a única submetida à votação dos credores na forma de um Plano de Recuperação Judicial, em assembleia geral realizada na última sexta-feira, 5 de julho.

A maioria dos credores do Grupo Rede foi favorável à proposta apresentada pela Energisa. O resultado da Assembleia será entregue quarta-feira, dia 10, ao juiz da 2ª Vara de Falências do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, a quem compete, em última análise, a homologação do Plano de Recuperação Judicial proposto pela Energisa e aprovado pelo Grupo Rede.

Apesar da decisão final depender da Justiça, a Energisa está confiante e comemorou o resultado da Assembleia. "Chegar até aqui foi uma vitória não apenas da Energisa, mas também dos credores de trazer ao processo transparência e competitividade. Acreditamos na qualidade da nossa proposta e confiamos na homologação pela Justiça do Plano de Recuperação Judicial", afirmou Ricardo Botelho, presidente do Grupo Energisa.

A homologação precisa ser ratificada pela Justiça, porque alguns credores importantes votaram com liminares, a exemplo do FI-FGTS, que era considerado acionista, mas vendeu as ações e votou como credor a favor da Energisa. O plano de recuperação do Grupo Rede envolve as controladoras e oito distribuidoras que estão sob intervenção da Agência Nacional de Energia Elétrica desde o final de agosto de 2011.

Conforme comunicado enviado ao mercado pela CPFL e Equatorial nesta segunda-feira, 8 de julho, o compromisso de compra do controle do Grupo Rede Energia, assinado anteriormente, foi rescindido pelo atual controlador do Rede, Sr. Jorge Queiroz Jr.

Compartilhe nas redes sociais